ARTISTAS PROTAGONISTAS

Saulo Laranjeira

APRESENTADOR E MEDIADOR

Nilson Chaves

ESPETÁCULO EM PARACAMBI

Zezé Motta

ESPETÁCULO EM QUEIMADOS

Jane Duboc

ESPETÁCULO EM NOVA IGUAÇU

Dalto

ESPETÁCULO EM
DUQUE DE CAXIAS

Hyldon

ESPETÁCULO EM
VOLTA REDONDA

Fátima Guedes

ESPETÁCULO EM PETRÓPOLIS

Marujos Pataxós

ESPETÁCULO EM
MARICÁ

Euridice

ESPETÁCULO EM QUEIMADOS

Sandro Cortez

ESPETÁCULO EM PARACAMBI

Toni Magdalena

ESPETÁCULO EM PETRÓPOLIS

Cantidio José

ESPETÁCULO EM
DUQUE DE CAXIAS

Gil Cortes

ESPETÁCULO EM
NOVA IGUAÇU

Julinho & Gutemberg

ESPETÁCULO EM
VOLTA REDONDA

Ronaldo Valentin

ESPETÁCULO EM
mariCÁ
Carousel

Saulo Laranjeira

Apresentador, mediador, curador e artista (cantor, compositor, humorista), Saulo Laranjeira é considerado um menestrel por sua vasta vivência e experiência no campo das tradições cultural brasileira. Idealizador e apresentador do programa televisivo “Arrumação”, que desde 1977 apresenta uma ação a favor da promoção do trabalho de artistas da autêntica cultura brasileira (músicos, cantores, poetas e contadores de causos), Saulo é dono de um talento único que o leva a figurar entre os grandes criadores e pensadores brasileiros. Um dos personagens de sua autoria mais conhecidos é o Deputado João Plenário, do programa humorístico A Praça é Nossa – o personagem está no ar há mais de 20 anos e cada vez mais cresce em audiência. No campo da música, Saulo é parceiro de Elomar Figueira de Mello, Dércio Marques, Titane, Tadeu Franco, Saldanha Rolim, Telo Borges, entre outros criadores do cenário musical brasileiro. No Festival “Um Rio de Sons”, Saulo apresenta o seu laborioso trabalho de resgate e preservação das tradições culturais brasileiras, nesse episódio em especial, dedicado única e exclusivamente ao Estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de fazer a interface das cidades que sediarão o projeto com diferentes tipos de produções de renomados artistas com a produção artística e cultural das cidades. Em cena, o artista apresenta toda a sua versatilidade como criador de personagens de humor, constrói narrativas da literatura brasileira e faz uma inserção no cancioneiro popular interpretado pelos artistas que irão protagonizar o projeto.