Sejam bem-vindos ao projeto “A Música Cantando a Nossa História – Um Rio de Sons”

Duque de caxias

Temos a satisfação de convidar você para um espaço de entretenimento aliado à produção de conhecimento que tem como principal compromisso valorizar as expressões sonoras de criadores do segmento de qualidade da música brasileira.

O projeto “A Música Cantando a Nossa História – Um Rio de Sons” reúne terça, 9 de abril, o cantor e compositor Cantidio José e o renomado cantor e compositor Dalto para uma prosa informal mediada por Saulo Laranjeira.

Convidados pelo “menestrel” Saulo Laranjeira, sobe primeiro ao palco Cantidio José. Em seguida, para fechar com chave de ouro, o cantor e compositor Dalto.

Saulo faz uma “viagem” pelo “rio de sons” dos dois artistas para revelar a você inéditas histórias de vidas e canções.

Todos os encontros serão registrados ao vivo, editados para serem exibidos em formato de minissérie.

SAULO LARANJEIRA

Humorista, ator, apresentador, cantor, narrador e compositor brasileiro.

Saulo Laranjeira é o idealizador e apresentador do programa televisivo Arrumação, desde 1987, que divulga o trabalho de artistas da autêntica cultura brasileira (músicos, cantores, poetas e contadores de causos) entremeado com apresentação de causos e personagens humorísticos interpretados pelo próprio Saulo.

Além destes, Saulo ainda interpreta o Deputado João Plenário do programa humorístico do SBT A Praça é Nossa, por mais de 20 anos.

Laborioso no resgate e preservação das tradições do sertão, Saulo gravou trabalhos de grandes poetas, a exemplo de Camillo de Jesus Lima, com seu Viola Quebrada – sendo que o personagem João Macambira, deste poema, também integra o rol daqueles personificados pelo artista.

Em 2011, participou como narrador do espetáculo Auto da Catingueira, obra de Elomar Figueira Mello, com gravação de DVD no Grande Teatro Palácio das Artes, tendo com participantes o Grupo Giramundo[1], Xangai e Dércio Marques.

Conheça mais ainda Saulo Laranjeira acessando o site e mídias sociais do artista. 

DALTO

Cantor e compositor

Dalto Roberto Medeiros (22 de junho) nasceu na Tijuca, Rio de Janeiro e aos seis anos mudou-se com a família para Niterói onde mora até hoje.

No início da década de 70, Dalto atuou como vocalista do grupo niteroiense de rock “Os Lobos”, com o qual gravou o compacto “Fanny” (Dalto e Claudio Rabello) pela gravadora Top Tape. Após esse breve início de carreira, sai do grupo para estudar Medicina, formando-se médico. Em 1974, lança-se em carreira solo gravando um compacto simples “Flash back” (Dalto, Ralph Guedes e Claudio Rabello) para a Odeon.

O sucesso, contudo, só apareceria mesmo nos anos 80, mais precisamente em 1981, quando obteve seu primeiro êxito como compositor com a canção “Bem-te-vi” (Dalto e Claudio Rabello), gravada e interpretada por Renato Terra, a qual vendeu mais de 250 mil cópias. Também em 1981, compõe “Leão ferido”, em parceria com o cantor Byafra, que a interpretou.

Um dos últimos trabalhos de Dalto foi a canção “Faça um Pedido”, que fez parte da trilha sonora da novela Viver a Vida.

Conheça mais ainda Dalto acessando o site e mídias sociais do artista. 

CANTIDIO JOSÉ

Cantor e compositor

Cantídio José quando conheceu o violão, abandonou o sonho de seu pai de ver o filho militar. Autodidata, Cantídio ampliou o conhecimento no instrumento convivendo com vários músicos e, aos poucos, descobriu um caminho próprio no jeito de tocar e compor. Aos 19 anos já fez a carteira da OMB.

Compositor de várias influências, do samba a baladas, de merengues a suingues, Cantídio já foi convidado a participar de shows com renomados artistas do cenário musical nacional, como Lô Borges e Tunai no Teatro Raul Cortez; Fátima Guedes no Teatro Procópio Ferreira; e a cantora Cláudia na Unigranrio.

Cantídio já venceu muitos festivais com suas composições autorais e, além de participar de movimentos musicais na Amazônia e no Nordeste, já viajou para tocar profissionalmente na Espanha. Em 2024, Cantídio prepara um trabalho autoral para gravar e apresentar ao seu público.

Conheça mais ainda Cantidio José acessando o site e mídias sociais do artista. 

COMO CHEGAR

TEATRO MUNICIPAL RAUL CORTEZ

Praça do Pacificador, Centro Duque de Caxias – RJ

ENTRADA FRANCA
Classificação Etária Livre

Distribuição de senhas a partir das 18 horas  |  Ingressos limitados